Arquivos do Blog

Estamos falando grego?

Não, definitivamente, não estamos falando grego. Já são 11 dias na Grécia e não aprendemos uma palavra sequer da língua oficial por aqui. Diferente de todos os lugares que passamos, já que por educação e curiosidade sempre decoramos algumas poucas palavras nativas, pelo menos o básico, para nos comunicar. Oi, tudo bem, bom dia, boa noite, obrigado (são exemplos de “palavrinhas mágicas” que todo viajante deveria aprender antes de visitar algum país).

IMG_9765

Nossa cara quando o restaurante só tem menu em grego!

A regra de ouro nos rendeu alguns sorrisos e cordialidades na França. Como de costume baixamos um aplicativo de francês para iniciantes no celular e voilà, estávamos prontos para enfrentar a rigidez com que, supostamente, seríamos tratados pelos franceses ao pedir uma informação na rua em inglês. A frase mágica foi: “parlez vous anglais” (Você fala inglês). Sempre, lógico, acompanhado de um monsieur ou madame. Só uma pessoa que abordamos não sabia falar inglês e fez aquela cara de decepção. Leia o resto deste post

Anúncios

Já pensou em viajar para uma área de conflito?

Conhecer lugares como Israel e Palestina pode ser uma das melhores experiências para turistas. A analista internacional Ana Flávia Abreu viajou este ano para o Oriente Médio e dá dicas para quem sonha em visitar a região. 

A mineira Ana Flavia Abreu, de 22 anos, carrega no passaporte e na carteira de trabalho a paixão pelas viagens. Analista internacional ela já visitou os Estados Unidos, Polônia, França, Itália, Israel e Cisjordânia. Uma lista dos lugares que ainda deseja conhecer? É impossível, ela diz. “Teria facilmente mais de 30 países. Quero conhecer o mundo! Depois de ter ficado no Oriente Médio, não há limites para meus sonhos turísticos, rs”.

Damascus Gate (Jerusalem)

Damascus Gate (Jerusalém)

Este ano o checklist dela ganhou países especiais. Interessada pelos conflitos no Oriente Médio, Ana conseguiu um estágio em uma ONG que atua em Israel e nos territórios Palestinos ocupados. “A oportunidade de conhecer uma região que vive um conflito gravíssimo há décadas – e que ainda parece distante de uma resolução – não só como turista, mas como aprendiz e voluntária era única. Inclusive, se dependesse de mim, ainda estaria por lá”, confessa.

Leia o resto deste post

A tradição milenar dos tapetes marroquinos

Um dos itens mais desejados pelos viajantes que passam pelo Marrocos são os coloridos tapetes árabes. Mas para os marroquinos, mais do que simples peças de decoração, os tapetes são símbolos da cultura do país. Em Marrakesh fomos conhecer uma associação de produtores de tapetes e aprender sobre a arte da tecelagem marroquina.

IMG_3175

Segundo a tradição usar tapetes é algo luxuoso e o artigo era utilizado até em antigos rituais, lugares sagrados e palácios. No passado os tapetes eram também um importante artigo no enxoval de uma noiva e, por isso, eram muitas vezes oferecidos como presente. Leia o resto deste post

Afinal qual o povo mais acolhedor do mundo?

No quesito recepção aos turistas sempre ouvimos que os brasileiros são nota 10. Talvez as pessoas que visitam nosso país levem em conta a simpatia, o carinho e a atenção com que costumamos tratá-los para nos eleger o povo mais acolhedor do mundo. No último final de semana experimentamos a melhor recepção da viagem até o momento.

IMG_5096

Foram quatro dias na companhia de uma família árabe que mora em Carmarthen no País de Gales. Hospedamos a filha mais nova, Dahlia, por um mês no Rio de Janeiro no ano passado e eles retribuíram a hospedagem com um carinho imenso. Logo no primeiro dia um jantar especial em Cardiff, capital do país e nosso ponto de chegada. No sábado passeio pelas montanhas galesas, que têm um visual incrível, e no domingo visita aos históricos castelos do local e a cidade litorânea Swansea. Leia o resto deste post

Marrakech, a “cidade vermelha”

Chegamos à Marrakech de trem vindos de Casablanca. Para economizar viajamos de segunda classe. Uma péssima decisão: os vagões cheios e apertados, sem lugar para ficar direito e nós em pé na primeira hora de viagem. Quando conseguimos sentar, em uma das apertadas cabines, uma senhora muçulmana, à nossa frente, nos encarava a todo momento. Talvez as mochilas despertaram a atenção dela. Nos corredores pessoas falando francês e árabe e nós? Sem entender absolutamente uma palavra.

IMG_3257

Na estação outro grande desafio: não sermos enganados pelos taxistas ávidos pelo sagrado dinheiro dos turistas. Conseguimos um que nos levássemos até a praça Jma Al-efna, maior ponto turístico da cidade e local próximo ao nosso hostel, por 40 dirhans (cerca de 4 euros). Leia o resto deste post

Sabine Freitag

sabine freitag :: bild I text I interaktion

Mundiando

Por Dan Rodrigues

Blog Rent a Local Friend

Live The Local Spirit of Different Cities!

Viagem: Na Ponta do Lápis

Blog de viagens com dicas de alimentação, hospedagem e roteiro

My Wonderland

Maria França

Guia brasileira em Londres

Passeios privados e personalizados em português

Vagando Por Aí

Dicas para viajar com pouco dinheiro

Comer, beber, viajar

Um blog sobre as coisas boas da vida

Viajante Independente

Dicas e relatos de viagem baseados em fatos reais. O melhor canal de viagens do YouTube.

Vamos Fugir

Viajar é uma questão de escolha - O Vamos Fugir traz destinos de viagem, histórias e dicas para você conhecer lugares incríveis sem gastar mais do que o necessário