Sua mãe te deixa dormir fora de casa?

Sentado em um confortável sofá de dois lugares levanto para pegar um livro na estante. Atraído por uma capa colorida abro em uma página qualquer e me dou conta que não sei ler em alemão. Não estou na minha sala de estar, mas me sinto em casa. Lembrei da minha adolescência e das muitas vezes em que meus pais não me deixaram dormir fora de casa (e nas diversas vezes em que pude passar a noite na casa de amigos e parentes). Desde que deixamos o Brasil o que mais temos feito é dormir na casa “dos outros”.

3511894722_8da74b4907_b

Sempre gostei de dormir fora de casa. Um lugar desconhecido onde a comida, a torneira da pia do banheiro e a hora de dormir são diferentes. É como um novo mundo a ser desbravado. Em três meses de viagem já passamos por casas marroquina, inglesa, galesa, francesa, belga… Mais do que testar a maciez dos travesseiros e lençóis alheios, em muitos destes lugares pudemos viver como os nativos.

As experiências mais profundas são com os alugueis de quartos ou apartamentos inteiros pelo AirBnb. Na França passamos uma semana em um pequeno, suficiente e charmoso apartamento no bairro de Montmartre. As fotos de Paris na parede, as estantes recheadas de livros em francês e o croissant sobre a mesa não cansavam de nos lembrar que estávamos fora de casa.

Em Bruxelas alugamos um quarto em uma típica casa belga. Três andares, escadas “infinitas” e nosso quarto com janelas deliciosamente “apontadas” para o céu. Café solúvel com waffles no café da manhã e já estávamos nos sentindo belgas. Depois da terceira cerveja artesanal no café da esquina já podíamos ser confundidos com os bruxelenses.

Agora em Berlim estamos na nossa ante sala, usando nossa internet e bebendo nossa cerveja alemã. Até a semana que vem nossas cartas têm como código postal o 10178. Depois “caçamos” nossa bagunça espalhada pela casa e vamos fazer morada em outro canto do mundo.

Confira nas fotos o que marcou nossa hospedagem em alguns dos lugares que ficamos:

1) Nossa janela para o céu em Bruxelas

11807599_506273466205496_6869832488323291496_o

2) Nossa cozinha “cute” em Paris

IMG_0541

3) Nosso cubo bagunçado em Berlim

IMG_0716

4) Nosso jardim de inverno em Marrakesh

IMG_3009

5) A decoração do nosso apartamento em Berlim

IMG_8096 6) O por do sol do nosso quarto em Londres

Sem título

Anúncios

Publicado em 15 de agosto de 2015, em Curiosidades, Viagem e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. Li sobre o blog no G1 e claro coloquei nos favoritos. Alguma dica pra gastar pouco em alimentação? Vou a França em Outubro e com esse euro nas alturas estou muito preocupado com os gastos, vamos ficar 8 dias e pensei em um orçamento fora de hospedagem de cerca de 100 euros por dia, acham viável? A passagem consegui pela Alitalia em um achado, ficou 3 passageiros, 2 adultos e uma criança por pasme 1970 reais em 10x sem juros..

    Curtido por 1 pessoa

    • Olá Cláudio! Obrigado pela visita. Ótimo preço de passagem heim?! Um verdadeiro achado. Em cidades mais caras como Paris evitamos ao máximo comer fora. Em Paris alugamos um apartamento pequeno pelo site http://www.airbnb.com.br e fazíamos as refeições principais em casa. Nos supermercados franceses você encontra ótimas opções de alimentos (até os congelados são muito saborosos, com diversas opções e com um preço legal). Outra dica são os queijos, vinhos e baguetes: Dá pra comprar no supermercado e degustar em casa, ou em algum parque. Os franceses fazem muito isso. Lógico que você um dia ou outro vai querer experimentar a comida francesa em algum restaurante. A dica é fuja dos lugares próximos aos pontos turísticos. E pra finalizar não é vergonha pra ninguém recorrer as redes de fast food, mundialmente conhecidas, para economizar. Em Paris tinha um MC Donalds pertinho de casa e o preço é bem mais em conta que um almoço completo. Espero que aproveite a cidade luz. Mande notícias e fotos! Boas viagens! Abraços diretos da Alemanha!

      Curtir

  2. APAIXONADA. Sabe, durante minha breve viagem fiquei pensando como as casas aqui do Brasil podem ser sem-graça. Todas sempre quadradas e com paredes sem graça. Quero casas com escadas malucas e janelas pro céuu!!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Tivemos a mesma impressão! Estamos conhecendo cada cantinho especial e pensando como nosso ap no Rio era sem graça rs Agora vamos tentar reunir as melhores referências de cada lugar que passamos para a decoração da nossa casa! :D

      Curtir

  3. Decoração ajuda, mas podia ter uma estrutura melhor né? rsss

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sabine Freitag

sabine freitag :: bild I text I interaktion

Mundiando

Por Dan Rodrigues

Mundo da Marilyn

"A maior aventura que você pode ter é viver a vida dos seus sonhos..."

Blog Rent a Local Friend

Live The Local Spirit of Different Cities!

Viagem: Na Ponta do Lápis

Blog de viagens com dicas de alimentação, hospedagem e roteiro

My Wonderland

Maria França

Bianca Coutinho

SEJA BEM VINDO(A), CONHEÇA MAIS SOBRE SAÚDE E BEM ESTAR, RECEITAS E SEGREDOS DA COZINHA

Londres Pra Você - guia brasileira em Londres

Guia brasileira em Londres - passeios personalizados em português

Vagando Por Aí

Saia da zona de conforto

Comer, beber, viajar

Um blog sobre as coisas boas da vida

Viajante Independente

Dicas e relatos de viagem baseados em fatos reais. O melhor canal de viagens do YouTube.

Vamos Fugir

Viaje mais gastado menos - O Vamos Fugir traz destinos de viagem, histórias e dicas para você conhecer lugares incríveis sem gastar mais do que o necessário

%d blogueiros gostam disto: